Título: Teia de Vidro
Autor: Aurélio Nery
Ano: 2017
Disponível na Amazon

Depois da Terra ser dominada pelas máquinas, os seres humanos passaram a viver em uma colônia espacial chamada Arranha-céu. O Núcleo, o coração da colônia, selecionava crianças aos 5 anos para trabalhar servindo ao Arranha-céu até os 18 anos, quando poderiam escolher continuar no Núcleo ou ter uma vida normal na colônia. Um dos infelizes selecionados foi Hunter Lima, um cadete de 17 anos obediente às regras e extremamente curioso.

A monótona vida de Hunter se transforma com a chegada de Ícaro ao Núcleo, um rapaz jovem demais que ocupava duas posições de alto prestígio. Em volta de mistérios e alto prestígio, Ícaro logo se torna o alvo da obsessiva curiosidade de Hunter, que o leva a quebrar as regras em busca de respostas.

O livro conta com partes clichês recheadas de originalidade, que trazem ao leitor expectativa e surpresa ao ocorrer uma brusca quebra da cena, principalmente, quando envolve Ícaro com sua personalidade misteriosa, causando ao leitor o desejo de saber mais sobre o personagem e tudo o que está acontecendo.

Por mais que a história seja de ficção cientifica, só foi contado aqui sobre o romance, para evitar dar informações que podem prejudicar a leitura do livro (spoilers). Porém, a ficção cientifica não deixa a desejar, principalmente no quesito reviravolta para aguçar a curiosidade do leitor.

Como é o primeiro livro de uma série ainda a ser lançada, muitas perguntas ficaram no ar, dando ao leitor a oportunidade de se deliciar em angustia e curiosidade até que os próximos livros sejam lançados. Após minha leitura, me vi sendo levada repetidas vezes pela minha memória às partes que mais gostei, como uma música “chiclete” que não quer sair da cabeça.

“Profundos como a escuridão da noite. Brilhantes como a luz do dia”

Categorias: Livros Nacionais

28 comentários

Leidiana Pereira · 8 de Maio de 2018 às 13:01

Gostei muito da resenha, eu curto um pouco ler livros de ficção com pegada romântica. ^^
O problema de livros com suspenses é que eu roo muita unha querendo saber mais. hehe
Beijos. ♥
Diário da Lady

    Nanda · 8 de Maio de 2018 às 13:24

    Eu tenho certeza que você ia curtir muito a pegada romântica dele. Depois da uma chance haha’
    Beijos

Luiza Helena Vieira · 8 de Maio de 2018 às 22:19

Amo quando um clichê é bem utilizado e o autor personaliza.
E ainda bem que você avisou sobre o romance, porque já estava achando que esse era o foco da história.
Beijos
Balaio de Babados

    Nanda · 8 de Maio de 2018 às 23:43

    Tive que avisar. Não teria como eu falar sobre a ficção científica sem dar nenhum spoiler e isso vai de encontro a política do blog U_U haha
    Beijos.

Cleber Eldridge · 9 de Maio de 2018 às 01:17

Nossa, faz muito muito tempo que não leio nada nacional, vou anotar a dica.

clebereldridge.blogspot.com.br

    Nanda · 9 de Maio de 2018 às 08:46

    Anote e leia, eu super recomendo <3

Leidiana Pereira · 9 de Maio de 2018 às 08:10

Aguardo ansiosa por novas postagens minha linda!
Beijos. ♥
Diário da Lady

    Nanda · 14 de Maio de 2018 às 00:05

    Logo logo ♥

Malu · 9 de Maio de 2018 às 14:22

adorei essa resenha, nao conhecia ainda mas admito que fiquei muito curiosa para conhecer a história inteira.

Beijos
http://www.20-primaveras.blogspot.com.br

    Nanda · 13 de Maio de 2018 às 23:59

    Leia! Sei que não vai se arrepender

Mari Zavisch · 9 de Maio de 2018 às 15:10

Oi, tudo bem?
Eu adoro um clichê <3 e acho ainda mais legal quando o autor consegue pegar uma trama tão normal e a apresenta de forma totalmente diferente. Gosto também que tenha esse toque de ficção cientifica no meio, pois adoro o gênero! Não conhecia o livro ainda, mas vou colocar na wishlist.
Beijinhos.

    Nanda · 14 de Maio de 2018 às 00:02

    Acho que você se daria super bem com esse livro, e quando acabar vai ficar louca para o próximo, que nem eu.

Michele da Silva Lima · 9 de Maio de 2018 às 17:25

Oi Nanda, eu adoro um bom clichê e mesclado com originalidade é melhor ainda! Fiquei curiosa com a premissa.

Bjs, mi

O que tem na nossa estante

    Nanda · 14 de Maio de 2018 às 00:02

    Originalidade é o que não falta. Espero que leia algum dia 🙂

Monique · 10 de Maio de 2018 às 10:52

Parece uma história bem diferente das que eu costumo ver pelos livros.. me deixou curiosa.

    Nanda · 14 de Maio de 2018 às 00:03

    É bem diferente, principalmente a parte de ficção cientifica. Dê uma chance a ele depois!

Jessica · 10 de Maio de 2018 às 12:49

Olá,

Não conhecia o livro, mas gostei da premissa.
Vou colocar na lista de leitura.
Bjs
http://diarioelivros.blogspot.com.br

    Nanda · 14 de Maio de 2018 às 00:04

    Fico feliz que tenha gostado 🙂

Sora · 13 de Maio de 2018 às 11:01

Oi Nanda!
Ainda não conhecia o livro, mas adoro histórias de ficção científica. Parece ser muito bom!

Beijos,
Sora | Meu Jardim de Livros

    Nanda · 14 de Maio de 2018 às 00:04

    Você vai adorar a ficção científica dele, leia quando puder. Garanto que não vai se arrepender 🙂

Monyque Evelyn · 14 de Maio de 2018 às 09:16

Ainda não conhecia esse livro, gostei muito da resenha 😀

http://submersa-em-palavras.blogspot.com.br/

    Nanda · 14 de Maio de 2018 às 12:22

    Vai gostar do livro também! 🙂

Cássia Lessa · 14 de Maio de 2018 às 11:20

Gosto muito do gênero pois quando é bem escrito prende bastante o leitor e esse livro parece fazer bem isso!

    Nanda · 14 de Maio de 2018 às 12:25

    Eu devorei o livro praticamente kkk’

Silvana Crepaldi · 14 de Maio de 2018 às 16:01

Olá, Nanda.
Eu gosto bastante de livros do gênero, por isso vou anotar a dica. O que não gosto é de ter que ficar esperando para lançar os outros da série hehe.

Prefácio

Hanna Carolina Lins de Paiva · 19 de Maio de 2018 às 14:09

Nossa, já quero ler esse livro, é exatamente minha cara! Ansiosa para você falar dos outros volumes da série! =)
Bjks!

Mundinho da Hanna

Denise Crivelli · 20 de Maio de 2018 às 03:30

Oi
não conhecia a história, mas pelo que contou ela chamou minha atenção, e também deve ter reviravoltas interessantes.

http://momentocrivelli.blogspot.com

Rodrigo · 21 de Maio de 2018 às 21:50

Olá!
Gostei bastante da sua resenha. A história do livro parece ser boa, do tipo que vira filme.
Boa semana pra vc 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *