Título Original: The Magician's Nephew
Série: As Crônicas de Nárnia
Autor: C. S. Lewis
Tradução: Paulo Mendes Campos
Editora: Martins Fontes
Ano: 2014
Edição: 4ª

Com uma leitura leve e descontraída, O Sobrinho do Mago é uma boa pedida não só para crianças, como para os amantes de fantasia e de tramas rápidas (dá para ler numa tarde), porém não desprovidas de significado.

A história se passa numa Londres vitoriana, muito antes dos acontecimentos do primeiro livro da série – O Leão, A Feiticeira e O Guarda-Roupa – e acompanha o início da amizade entre Digory, que acabara de se mudar para a casa dos tios e sua vizinha Polly.

As aventuras se iniciam, principalmente, por conta do verão frio e úmido que os levou a deixar as brincadeiras ao ar livre de lado, e explorar suas casas. Um dia eles acabam entrando no gabinete secreto do não muito gentil tio André, que enganando as crianças, as usa como cobaias para o seu experimento – viajar entre universos.

Por ser uma obra com uma linguagem acessível ao público infanto-juvenil, tem-se, por vezes, uma tendência ao dualismo (simplificação de pessoas em boas ou más). Apesar disso, traz reflexões interessantes para outras idades, além das riquíssimas descrições de cenas fantásticas e o clima nostálgico de rever e conhecer melhor alguns personagens importantes na história de Nárnia.

“Quando as colsas vão mal, parece que vão de mal a pior durante certo tempo; mas quando comecam a ir bem, parecem cada vez melhores.”


Gaby

Alguém com a cabeça nas nuvens e os pés no chão (nem sempre ao mesmo tempo). Leitora ávida desde muito cedo, admiradora de idiomas, novas culturas, fantasia, heróis, gatos, cinema e das artes em geral. Iniciou vários projetos, concluiu alguns. Volta à blogosfera a convite da amiga, Nanda, para falar sobre algo que ama - livros.

20 comentários

Cássia · 30 de dezembro de 2018 às 20:25

Não conhecia esse livro, a história parece ser bem interessante

    Gaby · 14 de fevereiro de 2019 às 00:32

    Na verdade eu também não, mas gostei muito de ler ele antes de “O Leão, A Feiticeira e O Guarda-roupa” pq dá uma certa intimidade com os personagens 🙂

Tamires Marins · 31 de dezembro de 2018 às 15:19

Acredita que até hoje eu nunca tinha ouvido falar nesse livro? Interessante esse tipo de preque. Eu não li a série e nempretendio, mas acho-a muito criativa!

Beijos e Feliz Ano Novo
– Tami
//www.meuepilogo.com

    Gaby · 14 de fevereiro de 2019 às 00:37

    Pois é, esse livro não é tão conhecido assim, fiquei bem surpresa quando achei ele e adorei. Se algum dia vc mudar de ideia sobre ler a série, me conta o que achou!

Nana · 31 de dezembro de 2018 às 23:16

Oi Nanda,
Eu tenho a edição única, preciso começar a ler e conhecer.
Adoro os filmes, capaz de eu curtir algumas das histórias, ainda mais pela escrita fácil e fluída.

Feliz 2019, que seja um ano repleto de realizações!
Canto Cultzíneo

    Gaby · 14 de fevereiro de 2019 às 00:43

    Oi! Na verdade é Gaby, tô escrevendo no blog com a Nanda 🙂
    Leia mesmo, eu pretendo fazer as resenhas da série inteira e vai ser bom ter vc por aqui pra concordar (ou não, tudo bem) e dar novas interpretações.
    Bom, espero que 2019 esteja sendo bom pra vc

Jessica · 1 de janeiro de 2019 às 12:02

Oie Nanda,
Passei aqui para desejar um Feliz Ano Novo, que 2019 seja cheio de muita paz, amor e felicidade.
Que você conquiste seus sonhos e seus objetivos.
Feliz 2019!
Diário dos Livros
Siga o Instagram

    Gaby · 14 de fevereiro de 2019 às 00:45

    Olá, é a Gaby! Eu e a Nanda agradecemos pelas felicitações, esperamos que o seu ano esteja sendo fantástico, e que melhore cada vez mais 😉

DIEGO MORAIS VIANA · 2 de janeiro de 2019 às 12:52

Oi, Nanda.
Eu também não conhecia esse livro.
Eu tenho evitado livros de séries porque são muito grandes.
Esse parece que é menor e de uma linguagem mais simples, o que me agrada muito.
Bela resenha.
Abraços.
Diego || Visite Diego Morais Viana

    Gaby · 14 de fevereiro de 2019 às 00:50

    Oi, Diego!
    Pois é, são livros mais curtinhos e bem divididos, então a gnt termina um capítulo querendo o outro.
    Espero que vc se anime e leia, vou continuar postando resenhas sobre a série e quero te ver por aqui!

Gabriela Soares · 3 de janeiro de 2019 às 19:16

Boa dica de leitura! Livro leve, rapidinho mas com significado por trás!

Um beijão,
GABS | likegabs.blogspot.com ❥

    Gaby · 14 de fevereiro de 2019 às 00:55

    Pois é, esse livro me fez pensar em uma coisa ou outra. Tô gostando muito de ler essa série!

Kaila Garcia · 7 de janeiro de 2019 às 12:01

Amei sua dica, gosto muito desse tipo de leitura, é rápida, leve, divertida e trás uma lição. Já quero conhecer!

//www.kailagarcia.com

    Gaby · 14 de fevereiro de 2019 às 00:58

    Poxa, que bom que vc gostou!
    Tô lendo essa série e amando o jeito simples de cativar e ensinar as coisas 🙂
    Espero que vc leia e volte pra me contar oq achou.

Hanna Carolina Lins de Paiva · 8 de janeiro de 2019 às 17:58

Eu amo de paixão esse livro! Sabia que consegui ler esse em 3h? Não é mentira, até hoje me admiro pelo meu feito com certo orgulho… kkkk
Bjks!

Mundinho da Hanna

    Gaby · 14 de fevereiro de 2019 às 01:02

    Vc acaba de conseguir uma fã! Kkkk
    Eu não conhecia o livro, mas me apaixonei por ele e pelo jeito como ele muda o nosso olhar pra os personagens que aparecem de novo ao longo da série <3

Felipe Lange · 16 de janeiro de 2019 às 15:29

Oie, tudo bem?
Ainda não conhecia, valeu pela dica!
Blog Entrelinhas

    Gaby · 14 de fevereiro de 2019 às 01:04

    Oi, Felipe! Tudo sim, e vc?
    Que bom que vc gostou! Espero vc aqui pra me dizer como foi a leitura 🙂

Felipe Lange · 24 de janeiro de 2019 às 09:13

Nossa, curto bastante As Crônicas de Nárnia, mas ainda não sabia da existência desse livro! Valeu pela dica!
Blog Entrelinhas

Resenha – O Leão, A Feiticeira e O Guarda-roupa ⋆ Gravado na Memória · 5 de março de 2019 às 12:07

[…] A trama se passa durante a 2ª Guerra Mundial, e por conta dos ataques aéreos à Londres, os irmãos Pevensie – Pedro, Susana, Edmundo e Lúcia – são levados à enorme casa de campo do Professor Kirke (o Digory de “O Sobrinho do Mago“). […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *